terça-feira, 29 de dezembro de 2009

PROVA GEOGRAFIA UFMG 2010 -COMENTADA

QUESTÃO 17
Analise, neste mapa, o trajeto aéreo realizado por um viajante que, partindo de Paris, chegou a Belo Horizonte:

A partir da análise desse mapa e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que o viajante
A) atravessou o oceano cuja origem e evolução estão associadas à fragmentação de um megacontinente, iniciada ainda no Mesozóico.
B) desembarcou em cidade que, na hierarquia urbana brasileira, ocupa posição de metrópole nacional, categoria também alcançada por outras capitais estaduais.
C) partiu da capital da principal potência econômica da União Européia, posição alcançada graças à valorização de sua moeda – o franco – no interior desse bloco.
D) transpôs linhas que, apesar de imaginárias, têm grande importância na localização de um ponto na superfície terrestre  ou seja, meridianos e paralelos.
Paris é capital da França. A França é parte da União Européia que adotou uma única moeda em 01/01/2002, O Euro. Assim, sua antiga moeda, o Franco, deixou de circular. Resposta incorreta, letra C.

QUESTÃO 18
Leia este trecho:
E as mariposas e os cupins-de-asas vinham voar ao redor da lamparina... Círculo rodeando a lua cheia, sem se encostar... E começaram os cantos. Primeiro, os sapos: – “Sapo na seca coaxando, chuva beirando”, mãe Quitéria!... – Apareceu uma jia na horta, e pererecas dentro de casa, pelas paredes... E os escorpiões e as minhocas pulavam no terreiro, perseguidos pela correição das lava-pés, em préstitos atarefados e compridos... No céu sul, houve nuvens maiores, mais escuras. Aí, o peixe-frito pegou a cantar de noite. A casca da lua, de bico para baixo, “despejando”... Um vento frio, no fim do calor do dia... Na orilha do atoleiro, a saracura fêmea gritou, pedindo três potes, três potes, três potes para apanhar água... Choveu.
ROSA, João Guimarães. Sagarana. 27. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1983. p. 344.

A partir da leitura e interpretação desse trecho, é INCORRETO afirmar que
A) a chegada de ventos frios, em contraste com o calor do dia, é uma criação do autor, pois é impossível de ocorrer.
B) o autor reuniu, de forma criativa, um grande número de crenças populares sobre a previsão de ocorrências meteorológicas.
C) o comportamento dos animais, para os homens do campo, se altera com a aproximação da chuva.
D) o sertanejo busca, na aparência do céu e dos astros, sinais de mudanças do tempo atmosférico.
Três são os tipos básicos de clima que ocorrem em Minas, conforme a região:
Tropical semi-árido, ao norte; tropical semi-úmido, no centro-sul; tropical de altitude, nas regiões mais altas.” (Perfil de Minas Gerais 2001). A alternativa A é incorreta uma vez que no Sul de Minas é possível, no inverno, a chegada de ventos frios, época em que a mPa (massa polar atlântica) pode atingir a região.



QUESTÃO 19
Analise este fluxograma:

A partir da análise desse fluxograma e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que
A) a inflamabilidade da floresta decorre de ações humanas associadas, direta ou indiretamente, a causas naturais.
B) a redução da cobertura florestal, ao comprometer a evapotranspiração, pode, a longo prazo, acarretar redução das chuvas.
C) o aumento do número e da intensidade das queimadas na Amazônia pode tornar-se, num ciclo vicioso, um processo de retroalimentação.
D) o fenômeno El Niño tem relação direta, mas favorável, com a redução das queimadas na Amazônia brasileira.
A letra D está incorreta. A simples observação do fluxograma, mostra que El Niño provoca diminuição das chuvas na região. Isso favorece as queimadas e não a sua redução.

QUESTÃO 20
Considerando-se as redes que compõem as diferentes modalidades de transporte no Brasil, é INCORRETO afirmar que
A) as ferrovias são, em sua grande extensão, utilizadas sobretudo para o escoamento da produção mineral e subutilizadas no transporte interurbano e interregional de passageiros.
B) as hidrovias tornariam o preço do produto agrícola brasileiro mais competitivo no mercado internacional, mas têm sua implementação dificultada pelo custo e pelos impactos ambientais decorrentes de seus projetos.
C) as rodovias, principal modalidade de transporte do País, assumem, com alto custo, elevada tonelagem no deslocamento de mercadorias diversas e maior percentual de tráfego de passageiros.
D) o transporte aéreo registra um uso mais intenso nas regiões do País onde há grandes distâncias entre os principais centros urbanos e fraca densidade das redes rodoviária e ferroviária.
Estatística dos tipos de transportes no Brasil (1999)
1º Rodoviário – 61,82%
2º Ferroviário – 19,46%
3º Aquaviário – 13,83%
4º Dutoviário – 4,58%
5º Aéreo – 0,31%
Apesar do baixo percentual, o transporte aéreo é mais usado na região Sudeste, área que apresenta densidade demográfica mais significativa. Por isso, a letra D está incorreta.



QUESTÃO 21
Analise, neste mapa de Minas Gerais, a localização das regiões
I e II:

A partir da análise desse mapa e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que,
A) na Região I, a rede hidrográfica é parte integrante da Bacia do Paraná e apresenta caráter perene, enquanto, na Região II, alguns contribuintes do Rio Jequitinhonha são ribeirões e córregos intermitentes.
B) na Região I, o dinamismo econômico é responsável por sua transformação em polo atrativo de população, enquanto, na Região II, o quadro socioambiental é fator de expulsão populacional, em especial, da mão-de-obra masculina.
C) na Região I, o grau de modernização do espaço agrícola é reduzido, enquanto, na Região II, a tecnificação da agricultura, poupadora de mão-de-obra, é empregada no cultivo de grãos destinados ao mercado externo.
D) na Região I, o plantio da soja ocupa posição de destaque na economia, enquanto, na Região II, essa posição é desempenhada pela pecuária extensiva e pela agricultura de subsistência.
A Região I é o Triângulo Mineiro que apresenta espaço agrícola moderno,PIB per capita de 17.690,00 reais (1º lugar de Minas Gerais), bons indicadores sócio-econômicos. A região II é o Vale do Jequitinhonha é uma região amplamente conhecida devido aos seus baixos indicadores sociais e também por ter caracteristicas do sertão nordestino, agricultura tradicional e de subsistência. Assim, a alternativa incorreta é a letra C

QUESTÃO 22
Considerando-se o atual estágio da agricultura mundial, é INCORRETO afirmar que
A) a agricultura voltada para o mercado interno, em países como o Brasil, ao incorporar insumos e tecnologias gerados pelo agronegócio, pode promover elevação dos preços dos alimentos para o consumidor.
B) a maior disponibilidade de terras agrícolas, em escala planetária, é encontrada nas zonas temperadas, onde a fragilidade dos solos constitui obstáculo à expansão de sua exploração.
C) a produção global de alimentos, na atualidade, é capaz de atender ao consumo em escala planetária, embora a ingestão de alimentos por parcela da população mundial ainda se dê de forma insuficiente em quantidade e diversidade.
D) as restrições geográficas impostas, em decorrência de determinadas condições de clima, solo e relevo, a um numeroso grupo de cultivos são, em grande parte, satisfatoriamente contornadas por práticas de manejo modernas.
A maior disponiblidade de terras agrícolas é na Zona Intertropical. Além disso, o solo escuro, rico em matéria orgânica, da Zona Temperada é muito rico em nutrientes devido, sobretudo, ao processo natural de decomposição das folhas que vai enriquecendo o solo em nutrientes. A acumulação de matéria orgãnica dá-se, sobretudo nos primeiros horizontes do solo, que possuem, por isso, uma cor mais escura.
Resposta incorreta letra B.


QUESTÃO 23
Analise, nestes dois planisférios, a evolução da incidência da malária no mundo em cerca de meio século:


A partir da análise desses planisférios e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que
A) a persistência de um alto risco de transmissão da malária nas faixas de baixa latitude do Globo se deve não às características ambientais dessas regiões, mas às condições socioeconômicas das populações.
B) as porções continentais de mais elevada densidade demográfica na zona intertropical são as que apresentam os mais altos riscos de transmissão da malária, porque tornam mais caros os processos de erradicação da doença.
C) o mosquito transmissor sobrevive em ecossistemas tropicais, com temperaturas médias elevadas e alto índice de precipitação, e em ecossistemas temperados sujeitos a uma forte variação sazonal e à ocorrência de neve.
D) o percentual da população mundial exposto, na atualidade, ao risco de transmissão da malária é menor em relação à segunda metade do século anterior, embora abranja um número maior de indivíduos.
A observação dos mapas mostra que a área de maior ocorrência da malária é a chamada "África Subsaariana", nas áreas isoladas, sem assistência e não nas áreas intertropicais de maior concentração populacional. Resposta incorreta, letra B.

QUESTÃO 24
A mídia tem veiculado reflexões, de muitos especialistas, acerca da recente crise econômica mundial, nas quais abordam origens e consequências dela, bem como estratégias que vêm sendo adotadas para enfrentar a situação instalada.
Considerando-se tais reflexões, é INCORRETO afirmar que
A) a América Latina procura criar um ambiente econômico protegido da crise, ao substituir tanto os acordos bilaterais por um bloco regional único quanto as divergências entre governantes por ações conjuntas que visam à retomada da expansão do PIB.
B) a desvalorização do dólar enfraquece as reservas internas de capital estrangeiro de economias que, a exemplo da China, na última década, conseguiram elevados índices de expansão do seu PIB.
C) a reestruturação da economia mundial pressupõe um redimensionamento do papel do Estado, no sentido de afastá-lo dos limites de ação impostos pelo neoliberalismo e de ele exercer controle efetivo sobre os sistemas financeiros e o mercado.
D) o consumismo extremo, em particular nos EUA, alimentou a expansão recente de economias como as do Leste Asiático, mas é ambientalmente insustentável se praticado por um número maior de populações ou se projetado a longo prazo.
A letra A está incorreta. A América Latina realizou,grosso modo, uma abertura econômica nos anos de 1990, período áureo do chamado neoliberalismo. Também rejeitou o bloco regional único (ALCA).