segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Como funciona a areia movediça

O que é a areia movediça?
A areia movediça é um fenômeno natural bem interessante: na verdade, ela é chão firme que se liquefez por uma supersaturação de água. O termo "movediça" se refere à facilidade com que a areia se move quando está nesse estado semilíquido.

É importante entender que a areia movediça não é um tipo diferente de solo, mas sim areia normal ou qualquer outro tipo de solo granulado. Trata-se de uma mistura pastosa de areia e água, em que a areia flutua na água. E pode acontecer em qualquer lugar sob as condições adequadas, de acordo com Denise Dumouchelle, geóloga do Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA (em inglês).
Ela é criada quando a água satura uma área de areia solta e a agita. Então, como a água presa nessa porção de areia não consegue escapar, acaba criando um solo dissolvido que não consegue agüentar nenhum peso. Há duas maneiras pelas quais a areia pode ficar agitada o bastante para criar areia movediça:

* fluxo de água subterrânea - a força da água em ascensão se opõe à força da gravidade, fazendo que os grãos de areia fiquem mais leves;
* terremotos - a força criada pelo tremor no solo pode aumentar a pressão de lençóis freáticos próximos ao solo, liquefazendo a areia e os depósitos sedimentares. A superfície liquefeita perde sua força, fazendo com que construções ou outros objetos naquela superfície afundem ou desmoronem.

A vibração tende a aumentar a capacidade da areia se mover, tornando o que seria razoavelmente sólido em algo mole e móvel, de acordo com Larry Barron, do Centro de Pesquisas Geológicas New South Wales.

A união da vibração com a barreira de água reduz o atrito entre as partículas de areia a faz que essa areia se comporte como um líquido. Para entender a areia movediça, é necessário entender o processo de liquefação. Quando o solo se liquefaz, da mesma maneira que a areia movediça, ele perde força e se comporta como um líquido viscoso, de acordo com o Centro de Pesquisas Geológicas de Utah (em inglês). A liquefação pode até fazer que prédios afundem durante terremotos.

Embora a areia movediça possa ocorrer em quase qualquer local que tenha água, há certos locais onde ela é mais comum, como:

* margens de rios
* praias
* margens de lagos
* perto de fontes subterrâneas
* pântanos

Na próxima vez que estiver na praia, repare a diferença na areia conforme for andando em partes da praia com diferentes níveis de umidade. Se estiver na parte mais seca da praia, a areia o segura bem, pois o atrito entre as partículas de areia cria uma superfície estável.

Mas se você chegar mais perto da água, vai perceber que a areia levemente molhada fica ainda mais concentrada do que a areia seca. Isso ocorre porque uma quantidade moderada de água aumenta o atrito entre as partículas de areia. É por isso que você consegue construir castelos de areia.

Mas a areia da praia poderia se tornar areia movediça se uma quantidade suficiente de água fosse colocada sobre ela. Se uma quantidade excessiva de água passar pela areia, vai forçar as partículas de areia a se separarem, o que faz com que o solo fique solto e afunde qualquer tipo de massa que estiver sobre essa parte da areia. Na próxima seção, vamos ver o que fazer no caso de você ficar preso na areia movediça.

"HowStuffWorks - Kevin Bonsor". Publicado em 05 de fevereiro de 2005 (atualizado em 12 de fevereiro de 2007) http://ciencia.hsw.uol.com.br/kevin-bonsor.htm (21 de dezembro de 2009)