quinta-feira, 22 de novembro de 2007

gabarito prova 3º ano 22-11-2007

01 - (UFSCar) Apesar de se considerarem defensores da democracia e do direito à autodeterminação dos povos, os Estados Unidos da América, desde o século XIX, executam uma ação imperialista agressiva, com intervenção política e/ou militar em diversos países e regiões. Na tabela, procura-se relacionar algumas áreas e formas de intervenção imperialista estadunidense com possíveis ações empreendidas por este país.
Estão corretas, apenas:
a) I e II.
b) I e IV.
c) II e III.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.

02 - (Fuvest) Responda a partir do gráfico:
a) Qual desses países teve mais gastos militares em relação ao PIB, em 2003? Justifique.
Em posição bem à frente dos demais, destacam-se a Grécia e os EUA, seguidos de longe pelo Reino Unido, Austrália e França. Como justificativa para os gastos da Grécia podemos citar a proximidadecom o Oriente Médio, península Balcânica e Chipre. Quanto aos EUA, os gastos justificam-se pela invasão do Iraque e manutenção de suas tropas naquele país desde 2003 e no Afeganistão desde 2001.
b) Qual país repassou mais recursos, em relação ao PIB, a países pobres em 2003? Justifique.
O pais que passou mais recursos aos países pobres, em relação ao PIB, foi a Suíça. Este repasse se justifica por sua posição histórica de neutralidade política (não participação) em conflitos mundiais, destinando então, verbas para o desenvolvimento social de economias mais frágeis.
c) Relacione a busca de paz mundial aos dados da tabela.
De acordo com o gráfico apresentado, a busca pela paz mundial fica quase impossível, se levarmos em consideração que os gastos governamentais com despesas militares são bastante superiores à ajuda ao desenvolvimento de países mais pobres. Isso, de certa forma, mantêm as desigualdades sócio-econômicas em níveis cada vez mais alarmantes, tornando-se estopim de conflitos em diversaspartes do mundo, inclusive nos países ricos, como França e Austrália.

03 - (Uff) Sobre o papel dos três grandes centros do poder mundial - Estados Unidos, União Européia e Japão - afirma-se, corretamente:
a) A hegemonia bélico-militar continua sendo dos Estados Unidos.
b) O domínio do estratégico setor de informática está nas mãos do Japão.
c) O poder econômico-financeiro se concentra cada vez mais na União Européia.
d) Os índices de desemprego mais elevados são os do Japão.
e) A hegemonia cultural e o maior controle de mídia pertencem à União Européia.

04 - (Pucmg) São características da atual ordem mundial, EXCETO:
a) a multipolaridade, ou seja, a existência de vários pólos ou centros de poder mundial.
b) a existência de três centros mundiais, com poderio econômico, tecnológico e político-diplomático: os Estados Unidos, o Japão e a União Européia.
c) a crescente cooperação e interdependência internacional e a diminuição da possibilidade de conflitos armados mundiais.
d) a existência de somente um agente ou ator no cenário internacional, controlador das relações econômicas e político-militares: o Estado Nacional.
e) a existência de uma realidade mais complexa, com múltiplas oposições ou tensões econômicas, étnicas, religiosas, ambientais etc.

05 - (Espm) Observe o texto e o mapa a seguir:
A partir de amanhã, soldados e policiais de Israel desarmados vão passar de porta em porta nos assentamentos judaicos (...) e notificar os moradores de que a permanência em suas casas depois desta quarta-feira será ilegal e que serão retirados à força. O plano envolve a transferência de 8.500 pessoas, 38 sinagogas e 48 túmulos. (Folha de S. Paulo, 15/08/05).
A região em questão, alvo de disputas entre palestinos e judeus desde 1967, e devolvida em agosto à Autoridade Palestina, está representada com o número:
a) 1
b) 4
c) 2
d) 3
e) 2 e 3

06 - (Fmtm) Observe as afirmações:
I. Quase a metade dos 700 milhões de habitantes dessa região do planeta vive em extrema pobreza, com renda abaixo de um dólar por dia; II. De cada dez pessoas portadoras do vírus HIV no mundo, cerca de sete vivem nessa região do planeta;III. A história recente dessa região registra grande número de guerras civis e golpes de Estado. Os conflitos étnicos e religiosos estão associados, na maioria dos casos, à disputa pelas riquezas naturais regionais. As afirmações contêm a problemática de países localizados
a) no Magreb africano.
b) no Golfo Pérsico.
c) na África Subsaariana.
d) na América Central.
e) nas Antilhas.

07 - (Fatec) Povo de maioria muçulmana, ocupando trechos de vários países e que, no início do ano de 2003, foi envolvido na Guerra do Iraque. Esse povo constitui hoje o maior grupo étnico - cerca de 24 milhões de pessoas - sem Estado no mundo. Reivindica a formação de seu próprio país.
Trata-se dos:
a) bascos.
b) curdos.
c) chechenos.
d) albaneses.
e) bósnios.

08 - (Uff) O processo de integração dos países da Europa Ocidental não tem evitado que velhos conflitos reapareçam e imprimam sua marca de violência no interior de estados nacionais. Isto fica evidente ao se observar:
a) as imposições do partido nacional flamengo, exigindo um parlamento independente da Inglaterra;
b) a escalada do regionalismo político na Alemanha por parte de grupos separatistas neonazistas; c) as reivindicações de autonomia no sul da Itália (Padânia) por parte dos partidos locais;
d) a ascensão dos grupos paramilitares de origem corsa, que reclamam sua autonomia nacional perante a Bélgica;
e) a ofensiva do grupo ETA que reivindica a independência da histórica região basca, localizada entre o norte da Espanha e o sudoeste da França.
09 - anulada.
10 - (Cesgranrio) Entre a índia e o Paquistão existem diferenças mercantes, que alimentam conflitos territoriais há décadas como, por exemplo, a disputa pela região da Cachemira. Uma diferença básica entre aqueles dois países, geradora de forte tensão social, é o (a): a) avanço do programa nuclear paquistanês bem à frente do indiano.
b) processo de colonização: europeu, na índia e asiático, no Paquistão.
c) processo de urbanização mais organizado no Paquistão do que na índia.
d) maioria da população muçulmana, no Paquistão, e hindu, na índia.
e) condição da índia como país central, e do Paquistão como periférico.

11 – (UFMG 2006) É INCORRETO afirmar que a atual política externa brasileira e o papel geopolítico do País, hoje, no mundo, representam:
A) uma aproximação do NAFTA, em razão da necessidade de se concretizarem os tratados comerciais entre esse bloco e o Mercosul, tendo-se em vista a implementação da ALCA.
B) um reforço em sua posição econômica e, possivelmente, um novo papel geopolítico no mundo, graças à qualidade de potência regional do Brasil na América do Sul.
C) um repúdio à ocupação do Iraque e, por outro lado, um apoio à criação do Estado da Palestina, posições formalmente defendidas nos foros internacionais de que o Brasil participa.
D) uma defesa da idéia do perdão, tanto pelo Brasil quanto pelos países centrais, da dívida dos países mais pobres do mundo especialmente os africanos.

12 – (UFMG 2004) Observe este mapa:O R I E N T E M É D I O
A partir da interpretação desse mapa e considerando outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que:
A) a proximidade entre várias capitais nacionais – sobretudo Beirute, Tel Aviv, Amã e Damasco – as torna mais vulneráveis em situações de conflitos bélicos, freqüentes na região.
B) o Oriente Médio, por sua posição latitudinal e relativa à circulação atmosférica geral, tem clima mediterrâneo, com tendência à semi-aridez ou à aridez, responsáveis pelo impacto nos recursos hídricos, um dos maiores problemas regionais.
C) a região, situada no “fundo” do Mar Mediterrâneo, na junção de três continentes, foi rota de grandes exércitos conquistadores e esteve sob domínio sucessivo de inúmeros grandes impérios.
D) as fronteiras nacionais, definidas há muitos anos, resultaram da existência de obstáculos de natureza física, que impediam o traçado de limites correspondentes ao quadro geopolítico.