sexta-feira, 31 de outubro de 2008

PROVA 1°, 2° E 3° ANO - DIAS 30 E 31/10/2008

1° ANO

01 - “... uma senhora dirigia um automóvel com o filho ao lado. De repente, foi assaltada por um adolescente, que a roubou, ameaçando cortar a garganta do garoto. Dias depois, a mesma senhora reconhece o assaltante na rua. Acelera o carro, atropela-o e mata-o, com a aprovação dos que presenciaram a cena. Verídica, ou não, a história é exemplar. Ilustra o que é a cultura da violência, sua nova feição no Brasil." (Jurandir Freire Costa - Revista "Veja", NŽ 25, Setembro de 1993).
O texto anterior ilustra o grau em que se encontra a violência nas grandes metrópoles brasileiras. Explique a relação entre a violência e as características do crescimento das cidades brasileiras.
Crescimento desordenado, com déficit social e colapso da infra-estrutura e serviços gerando, entre outros problemas, insegurança.

02 - "As cidades milionárias*, que eram duas em 1960 (São Paulo e Rio de Janeiro) são cinco em 1970, dez em 1980 e doze em 1991. Esses números ganham maior significação se nos lembrarmos que em 1872 a soma da população das dez maiores cidades brasileiras não chegava a 1.000.000 de habitantes, reunindo apenas 815.729... Esta é a nova realidade da macrourbanização ou da metropolização."
(*) cidades com mais de 1 milhão de habitantes (Santos, Milton. URBANIZAÇÃO BRASILEIRAS. Paulo, Hucitec, 1993.)
Tendo como referência o texto acima, assinale a alternativa verdadeira.
a) No Brasil a modernização do campo teve relação direta com a aceleração da urbanização, caracterizada por uma metropolização que se disseminou por várias regiões brasileiras.
b) Embora no mundo todo a tendência migratória campo-cidade seja pequena, o Brasil, em função da desorganização econômica e social, e das ilusões de que a vida nas cidades apresentam mais perspectivas, mantém taxas elevadas desse fluxo migratório.
c) Um ritmo de metropolização tão elevado, como o do Brasil, corresponde a índices equivalentes de crescimento industrial. Assim a maior parte da população, que se dirige às cidades, é empregada no setor secundário.
d) Embora o ritmo de urbanização e metropolização no Brasil tenha sido muito elevado, o fenômeno ficou restrito às regiões Sul e Sudeste, pois foi justamente nessas regiões que ocorreu o maior crescimento industrial.
e) A urbanização brasileira, com seu caráter metropolitano, indica definitivamente a passagem de nosso país para o estágio de país desenvolvido e moderno. Sabe-se que todos os países considerados desenvolvidos são aqueles que apresentam elevados índices de urbanização.

03 - Analise e relacione a tabela e os gráficos a seguir, e observe as afirmações.
1 - A presença de famílias de renda mais elevada na favela em 1993, comparada ao ano de 1973, reflete a ausência de políticas habitacionais e o encarecimento do custo de moradia.
2 - A elevação do perfil de renda dos moradores das favelas, na cidade de São Paulo, tem uma certa relatividade, pois se deve considerar que o salário mínimo, utilizado como medida, perdeu seu valor.
3 - O impressionante aumento do número de favelados na cidade de São Paulo é resultado do crescimento, na mesma proporção, do número de habitantes da cidade, como demostra a tabela e os gráficos.
4 - A degradação das formas de moradia nas grandes cidades é comum na América Latina, considerando a variação nas proporções em que este fenômeno ocorre em cada país.
Assinale a alternativa que contenha o conjunto das afirmações corretas:
a) 1-2-3.
b) 1-2-4.
c) 2-3-4.
d) 1-4.
e) todas.
QUESTÃO ANULADA

04 - A entrada da migração estrangeira foi de fundamental importância para a ocupação do interior de São Paulo. No período de 1920-40, os grupos predominantes nas áreas 1 e 2 no mapa a seguir, foram, respectivamente,
a) japonês e italiano.
b) italiano e sírio-libanês.
c) italiano e japonês.
d) sírio-libanês e japonês.
e) italiano e espanhol.

05 - Considere os itens sobre o contingente de imigrantes que chegou ao Brasil entre 1824 e 1934.
I. Os italianos suplantaram numericamente os alemães e japoneses juntos.
II. Pela política de imigração, a grande maioria vinha para o Brasil com o título da propriedade rural.
III. Comparativamente à Argentina e aos Estados Unidos, o volume imigratório no país foi inferior.
IV. Fixou-se exclusivamente na região Sul do país.
São corretos APENAS
a) I e III
b) I e IV
c) II e III
d) II e IV
e) III e IV

06 - O Brasil é um país populoso e despovoado.
Tal contradição aparente pode ser explicada da seguinte maneira:
a) Tem um número relativo de habitantes acima das médias normais.
b) Tem um número absoluto de população correspondente ao tamanho de sua área.
c) Tem uma taxa de crescimento demográfico muito baixa.
d) Tem densidade demográfica pequena em relação ao total de sua área.
e) Tem população relativa alta e população absoluta baixa.

07 - Assinale dentre as alternativas, aquela que MELHOR sintetiza o conteúdo da figura a seguir
a) O êxodo rural no mundo desenvolvido.
b) O bóia-fria nas áreas de produção canavieira.
c) Migração rural-rural no mundo subdesenvolvido.
d) Migração rural-urbana no mundo subdesenvolvido.
e) Migração urbana-rural no Brasil.

08 - Considere os versos a seguir.

"Pedro pedreiro penseiro esperando o trem/ Manhã parece, carece de esperar também
Para o bem de quem tem bem/ De quem não tem vintém
Pedro pedreiro está esperando a morte/ Ou esperando o dia de voltar pro norte
Pedro não sabe mas talvez no fundo/ Espere alguma coisa mais linda que o mundo
Maior do que o mar/ Mas pra que sonhar
Se dá o desespero de esperar demais/ Pedro pedreiro quer voltar atrás
Quer ser pedreiro pobre e nada mais/ Esperando o sol, esperando o trem
Esperando o aumento para o mês que vem/ Esperando um filho pra esperar também."
Assinale a alternativa que exprime a realidade contida nos versos do compositor Chico Buarque de Holanda.
a) Uma cena comum na vida de um trabalhador da construção civil no início do processo de industrialização de São Paulo.
b) O cotidiano desalentador de um empregado da construção civil, síntese da problemática social dos migrantes nordestinos.
c) O processo reivindicatório de um trabalhador por melhores condições de salário e transporte.
d) A realidade urbana das metrópoles nordestinas, enfrentada por trabalhadores oriundos da zona rural.
e) O isolamento do migrante nordestino que não se adapta ao grande centro urbano.

09 - A distribuição espacial da população brasileira é irregular, ocorrendo grandes adensamentos e vazios demográficos. Cite três razões que justifiquem este fato.
- Ocupação histórica do território.
- Necessidades econômicas.
- Restrições naturais.

10 - Assinale a alternativa INCORRETA com relação à imigração estrangeira para o Brasil.
a) Foi direcionada principalmente para São Paulo e os Estados do Sul.
b) Seu apogeu coincide com a expansão da cafeicultura.
c) Os maiores contingentes foram o português, o italiano e o espanhol.
d) Foi estimulada para suprir a ausência da mão-de-obra escrava.
e) Foi baseada na doação de pequenas propriedades na zona cafeicultora.

2º ANO

01 - (ENEM) “O continente africano há muito tempo desafia os geólogos porque toda a sua metade meridional, a que fica ao sul, ergue-se a mais de 1.000 metros sobre o nível do mar. (...) Uma equipe de pesquisadores apresentou uma solução desse desafio sugerindo a existência de um esguicho de lava subterrânea empurrando o planalto africano de baixo para cima.”
Adaptado de Revista Superinteressante. São Paulo: Abril, novembro de 1998, p. 12.
Considerando a formação do relevo terrestre, é correto afirmar, com base no texto, que a solução proposta é:
a) improvável, porque as formas do relevo terrestre não se modificam há milhões de anos.
b) pouco fundamentada, pois as forças externas, como as chuvas e o vento, são as principais responsáveis pelas formas de relevo.
c) plausível, pois as formas de relevo resultam da ação de forças internas e externas, sendo importante avaliar os movimentos mais profundos no interior da Terra.
d) plausível, pois a mesma justificativa foi comprovada nas demais regiões da África.
e) injustificável, porque os movimentos mais profundos no interior da Terra não interferem nos acidentes geográficos que aparecem na sua superfície.

02 - (FATEC-adaptada) Considere o mapa apresentado abaixo:
A área hachurada corresponde:
a) aos países participantes da Comunidade Econômica e Monetária da África Central, o principal bloco econômico do continente.
b) aos países da África subsaariana, que estão entre os mais pobres do planeta, apresentando baixos índices de desenvolvimento humano.
c) ao grupo de países africanos em cujos territórios se encontram importantes reservas florestais de grande biodiversidade.
d) à faixa semi-árida africana, na qual avança rapidamente a desertificação, principal responsável pelos problemas econômicos do continente.
e) à faixa de abrangência do clima equatorial úmido, na qual predomina uma vegetação campestre, formada por ervas e gramíneas, denominada savana.

03 - (UFF-RJ-adaptada) A África é um dos continentes mais afetados pela pobreza, guerras e conflitos étnicos. Acrescentase, ainda, à dramática realidade africana, a proliferação de doenças, entre elas, a AIDS, que já atinge cerca de 25 milhões de africanos (70% do total mundial dos soropositivos).
A África representa uma periferia abandonada ou desconectada do capitalismo globalizado. Entretanto, observa se a presença de periferias exploradas que, em função dos seus recursos naturais estratégicos, atendem aos interesses das empresas globais. Esse processo mantém, no século XXI, formas históricas de exploração do colonizado pelo colonizador. Dentre os recursos estratégicos das “periferias exploradas” da África, merecem destaque:
a) os diamantes na África do Sul e o petróleo na Argélia e na Nigéria.
b) o urânio e o ferro em Uganda e Angola.
c) a bauxita e o alumínio na Somália e no Zaire.
d) o cobre na Líbia e o estanho na Tunísia e em Benim.
e) o carvão no Egito e o silício na Costa do Marfim.

04 - A América Central Continental apresenta um relevo:
a) com amplas planícies interiores.
b) com uma linha de montanhas vulcânicas a leste.
c) com montanhas de origem Terciária.
d) onde predominam planaltos.
e) com grandes planícies sedimentares no litoral Pacífico.

05 - Observe o mapa, onde estão indicadas as precipitações anuais do sul da América do Sul:
Explique a existência de climas desérticos na costa do Peru e norte do Chile.
Os desertos dessas áreas costeiras são formados, dentre outros fatores, por ação de corrente fria de Humboldt.

(FUVEST) A heterogeneidade existente entre a maioria da população mestiça dos países andinos e a do Brasil deve-se ao fato de que:
a) nos países andinos houve mestiçagem apenas com o negro, enquanto no Brasil com o negro e o ameríndio.
b) no Brasil, o principal elemento de mestiçagem foi o negro, enquanto que nos países andinos foi o ameríndio (indígena).
c) nos países andinos houve mestiçagem com o negro e o ameríndio, enquanto que no Brasil somente com o ameríndio.
d) nos países andinos não houve mestiçagem, enquanto que no Brasil houve com o ameríndio.
e) nos países andinos e no Brasil não houve mestiçagem.

06 - Assinale a incorreta.
a) A agricultura andina apresenta vários estágios de evolução. Enquanto se observa na Venezuela e no Chile uma crescente mecanização e modernização agrícola, na Bolívia ela permanece extremamente arcaica.
b) Em todos os países andinos, observou-se a Reforma Agrária em maior ou menor escala, mas os resultados não foram satisfatórios, ora por problemas de infra-estrutura, ora por absoluta falta de apoio governamental.
c) Do ponto de vista comercial, as produções de destaque são as que visam ao mercado externo, com a predominância para produtos tropicais (café, cacau, cana, algodão, banana…) produzidos basicamente nos chamados plantations.
d) A agricultura de subsistência (principais produtos: milho e batata) apresentam ainda grande importância para as populações rurais.
e) Dadas as condições climáticas no Chile, observamos a presença de culturas temperadas com destaque para cana-de-açúcar e cacau.

07 - (UEL-PR) Considere a tabela abaixo:
A leitura da tabela e seus conhecimentos sobre a economia desses países permitem afirmar que:
a) a pequena participação da agricultura no PIB demonstra a importância da industrialização nesses países.
b) pela grande participação da população agrícola no conjunto da população ativa pode-se deduzir que a produtividade per capita é alta.
c) os diferentes pesos da agricultura nas exportações indicam que nem todos os países da tabela apresentam uma economia diversificada.
d) pelo menos três dos países da tabela já atingiram a auto-suficiência e resolveram os problemas de abastecimento interno da população.
e) a produção agrícola desses países deve ser, predominantemente, realizada em latifúndios, que representam ainda uma herança colonial.

08 - Será possível uma América Latina unida? Justifique.
Sim, devido ao incentivo à comercialização regional em função da globalização da economia.

09 - Observe a área pontilhada no mapa e aponte a alternativa que melhor caracteriza a região:
a) Nessa área, encontram-se os Países Platinos: Argentina, Paraguai e Uruguai.
b) Essa área é denominada Região Andina.
c) O sul dessa área é conhecido como região da Patagônia, onde os solos são férteis e a agricultura é bastante mecanizada.
d) O norte dessa área é conhecido como a Região dos Pampas, que se caracteriza pelos climas secos e frios.
e) Nessa área, há grande concentração populacional.

10 - Indique o nome do país em função da descrição apresentada:
a) Foi separado da Colômbia tornando-se um país independente com ajuda dos Estados Unidos que possuía grande interesse geoestratégico e econômico na região: _______________
b) País platino que apesar do atraso e das restritas atividades econômicas apresenta razoável qualidade de vida aos seus habitantes em função de sua densidade populacional: ___________
a) Panamá.
b) Uruguai.


3° ANO

01 – (FUVEST 2008) As chamadas cidades globais, como São Paulo, não são apenas cidades grandes, mas exercem funções específicas no mundo globalizado. Assinale a alternativa que menos caracteriza uma cidade global.
a) Cidades globais têm conexão direta com o mundo financeiro, por intermédio, sobretudo, da Bolsa de Valores.
b) Cidades globais caracterizam-se por sediarem importantes portos de grande fluxo comercial.
c) Cidades globais abrigam sedes administrativas de grandes empresas transnacionais.
d) Cidades globais caracterizam-se por dispor de infraestrutura sofisticada voltada ao setor de serviços e comunicação.
e) Cidades globais costumam sediar grandes eventos políticos, comerciais, esportivos e culturais.

02 – (FUVEST 2008) O clima tropical úmido e uma estrutura tectônica favorável contribuem para que o Brasil disponha das maiores reservas de água doce superficiais e subsuperficiais do planeta. A despeito deste fato, os índices de mortalidade infantil, ainda altos no país (cerca de 25%, segundo o IBGE), associam-se, em grande parte, com a qualidade da água ou o acesso insuficiente a ela. Além disso, algumas regiões estão sob constante risco de racionamento.
Assinale a alternativa que melhor explique o contexto descrito.
a) O Brasil depende de tecnologia estrangeira relacionada ao tratamento adequado da água, o que eleva o custo da gestão dos seus recursos hídricos.
b) As recentes alterações climáticas, sobretudo o aquecimento global.
c) A ausência de leis e instituições que regulamentem e amparem a gestão dos recursos hídricos.
d) A alta concentração da demanda em algumas regiões e a insuficiência de saneamento ambiental no País.
e) A falta de higiene e o desperdício, indicando que a mortalidade infantil e a escassez de água ocorrem por questões culturais e pelo baixo nível educacional.

03 – (UFOP 2008) O Mercosul é um processo de integração econômica regional que objetiva a construção de um Mercado Comum na América do Sul.
Sobre o MERCOSUL, assinale a alternativa incorreta:
A) É um acordo que regula o livre comércio entre os países membros e entrou em vigor em 1º de janeiro de 1995.
B) É um movimento de resistência ao processo de globalização econômica e cultural e tem como objetivo difundir a ideologia bolivariana apregoada por Hugo Chavez.
C) É um processo de integração econômica regional que objetiva a construção de um Mercado Comum na América do Sul.
D) Propõe a eliminação das barreiras tarifárias e não-tarifárias no comércio entre os países membros e a livre circulação de mão-de-obra e de capitais.

04 – ( UFLA 2008) Uma nova ordem mundial veio se desenhando a partir do final do século XX e estabeleceu‐se no início do século XXI. Nesse novo processo geopolítico, diversos fatores contribuíram para determinar o grande desenvolvimento de países e sua influência regional.
São condições imprescindíveis para participar dessa “corrida geopolítica mundial” do século XXI, EXCETO:
(A) Necessidade de recorrer ao sistema financeiro mundial para subsidiar os investimentos em educação, pesquisa e saneamento.
(B) Possuir um enorme mercado consumidor, ou seja, populações com nível médio de rendimentos e,
conseqüentemente, de poder de consumo.
(C) Dispor de um excelente sistema de ensino, com Universidades e Institutos de Pesquisa Científica e
Tecnológica.
(D) Ter uma força de trabalho qualificada e com elevada escolaridade média.

05 – (ENEM 2008) As florestas tropicais estão entre as maiores, mais di versos e complexos biomas do planeta. Novos estudos sugerem que elas sejam potentes reguladores do clima, ao provocarem um fluxo de umidade para o interior dos continentes, fazendo com que essas áreas de floresta não sofram variações extremas de temperatura e tenham umidade suficiente para promover a vida. Um fluxo puramente físico de umidade do oceano para o continente, em locais onde não há florestas, alcança poucas centenas de quilômetros. Verifica-se, porém, que as chuvas sobre florestas nativas não dependem da proximidade do oceano. Esta evidência aponta para a existência de uma poderosa “bomba biótica de umidade” em lugares como, por exemplo, a bacia amazônica.
Devido à grande e densa área de folhas, as quais são evaporadores otimizados, essa “bomba” consegue devolver rapidamente a água para o ar, mantendo ciclos de evaporação e condensação que fazem a umidade chegar a milhares de quilômetros no interior do continente.
A. D. Nobre. Almanaque Brasil Socioambiental. Instituto Socioambiental, 2008, p. 368-9 (com adaptações).
As florestas crescem onde chove, ou chove onde crescem as florestas? De acordo com o texto,
a) onde chove, há floresta.
b) onde a floresta cresce, chove.
c) onde há oceano, há floresta.
d) apesar da chuva, a floresta cresce.
e) no interior do continente, só chove onde há floresta.

06 – (UFSCAR 2008) Em 2005, a População Economicamente Ativa (PEA) do Brasil era de 96 milhões de pessoas, representando 62,9% da população do país com 10 anos ou mais. Sobre o comportamento da PEA, é correto afirmar que:
(A) a maior parte da população economicamente ativa insere- se no setor secundário, executando atividades tipicamente urbanas.
(B) há predomínio da mulher na composição da população economicamente ativa, pois aumentou o número de mulheres chefes de família na última década.
(C) tem havido sucessivos decréscimos frente ao total da população não-ativa, devido ao crescimento substancial do desemprego.
(D) há predomínio das atividades primárias nas grandes regiões onde prevalece a população rural frente à urbana.
(E) há participação significativa do setor informal da economia, em função do subemprego nos setores de comércio e serviços.

07 – (UFSCAR 2008) O Oriente Médio é, historicamente, zona de tensões entre povos, nações e países. Em 2006, ocorreram conflitos armados nas fronteiras de Israel, Palestina e Líbano, envolvendo exército e grupos armados. Sobre os conflitos, analise as afirmações seguintes.
I. O grupo Hamas, acusado por Israel pela morte e seqüestro de soldados na região da Faixa de Gaza, é um movimento que luta pela formação do Estado Independente da Palestina e se opõe à existência do Estado de Israel.
II. O grupo Hezbollah luta pela desocupação israelense nos territórios de Gaza e Golã e pela demarcação de Jerusalém como território independente, devido à sua importância religiosa para católicos, judeus e muçulmanos.
III. Além dos conflitos de ordem histórica, religiosa e política, a região apresenta tensões decorrentes da escassez de recursos hídricos, como o interesse no controle das nascentes do rio Jordão.
IV. Uma das zonas de tensão é a fronteira do Líbano, onde se encontram as nascentes do rio Jordão, área estratégica para o acesso e controle da água doce disponível na região.
Estão corretas as afirmações:
(A) I e III, apenas.
(B) I e IV, apenas.
(C) II e III, apenas.
(D) III e IV, apenas.
(E) II e IV, apenas.

08 – (UNIFESP2007) Muitos analistas consideram a China uma das principais potências do mundo contemporâneo, porque o país
a) possui armas nucleares e integra o Conselho de Segurança da ONU.
b) impõe seu estilo de vida sem antagonismos aos demais países asiáticos.
c) enfrenta os Estados Unidos em órgãos como a Organização Mundial do Comércio.
d) fez acordos militares com países do Leste Europeu e passou a liderar a região.
e) negocia com as principais potências econômicas do mundo sem restrições.

09 – (UNICAMP 2008) “De 1998 para cá, o preço do petróleo foi multiplicado por sete. A procura pelo produto, com o vigoroso crescimento mundial, aproximou-se da capacidade de produção (...) Há um surto na procura pela commodity, em contraste com a baixa capacidade de expansão rápida da oferta.”
(Folha de S. Paulo, editorial: Petróleo nas Alturas, 22/10/07, p. A2)
a) O que é uma commodity?
b) Quais as principais razões do aumento da demanda por petróleo em período recente?
a) Commodity é uma mercadoria de padrão internacional de produção, negociada no mercado financeiro, que engloba matérias-primas: petróleo, carvão, frutas; semi-elaborados: madeira, cereais, carne frigorificada; industrializados de baixo valor agregado: etanol, combustíveis; e até mesmo direitos, como a emissão de gás carbônico.
b) A demanda aumentou recentemente por causa da expansão no consumo, principalmente em grandes economias, como os Estados Unidos e a China, tanto para o abastecimento de suas necessidades por energéticos quanto para matéria-prima industrial.

10 - (UFMG 2007) Analise esta figura, em que está representado o grau de poluição do ar – em relação ao limite em que este é considerado limpo –, medido em agosto de 2005, em três capitais brasileiras:
A partir dessa análise e considerando outros conhecimentos sobre o assunto,
1. IDENTIFIQUE a causa responsável – no período considerado (inverno) – pela poluição do ar em
Rio Branco: As causas são as queimadas.
São Paulo: a concentração de partículas de origem industrial e veicular, devido a queima de combustíveis fósseis.

2. EXPLIQUE por que o grau de poluição em Rio Branco – no período considerado (inverno) – foi tão elevado.
A diminuição da pluviosidade no período, torna Rio Branco, vulnerável à ocorrência de queimadas e incêndios criminosos. O Acre está inserido na região do arco do desmatamento.